GoGo Board: I2C Slave – IV

O mais importante a ser observado no firmware publicado anteriormente, é:

– Definição da placa como escrava (slave), seu endereço e pinos utilizados:
#use i2c(SLAVE,sda=PIN_B0,scl=PIN_B1,address=0xB0,force_hw,slow)

– Uso de bibliotecas para correta exibição de dados:

#include <string.H>

#include <string.h>
#include <stdio.h>

– Por fim, forma de leitura dos dados no I2C:

long data;
data = i2c_read();
data = i2c_read();
data = i2c_read();
data = i2c_read(0); // Do a NACK on the last byte read

Anúncios